Resultados
Médicos
Mensagens
Minhas Consultas Horários disponíveis
Assistente
Participe dos nossos grupos no whatsapp

Encontre tudo que você deseja saber sobre cirurgia plástica.


Qual a sua dúvida?

Respostas

Posso fazer a mamoplastia de aumento se tenho propensão a queloide?


A predisposição para quelóides não é contraindicação para a realização de um ato operatório.

Nesses casos é muito importante que exista o esclarecimento, junto a seu cirurgião, da possibilidade de vir a surgir uma cicatriz inestética.

O quelóide, ou cicatriz patológica, é uma condição que é determinada geneticamente. Ou seja, não é uma situação que poderia acontecer com qualquer pessoa, é necessário a presença desse gene para seu aparecimento.

Os quelóides são tumores benignos que surgem como reações anormais de cicatrização da pele. O seu desenvolvimento ocorre a partir de resposta a traumas como inflamação exacerbada e cirurgias em áreas de alta tensão, em indivíduos predispostos (presença dos genes). Podem ocorrer em qualquer idade independentemente do sexo do indivíduo. Costuma-se ver mais frequentemente em indivíduos entre 10 e 30 anos.A predominância maior é em pacientes de pele escura em determinadas áreas, como por exemplo nas orelhas.

Tanto a região do sulco inframamário (abaixo das mamas), como na região das aréolas, é incomum a presença de quelóides.

É recomendado a paciente conversar com seu médico e informá-lo sobre a propensão a queloides antes da cirurgia, assim ele poderá plenejar estratégias para minimizar a chance do quelóide vir a ocorrer.

Caso o queloide se forme, o cirurgião poderá vir a optar alguns tratamentos com o intuito de resolvê-los. Um dos tratamento é a remoção dessa cicatriz, com posterior (em até 24 horas) realização de beta terapia.

Outra opção pode ser a aplicação intralesional (na cicatriz) de corticóide injetável.

Recomendamos a escolha de um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, esse certificado demonstra que este profissional recebeu treinamento adequado, e provavelmente estará apto a lhe atender.


Transcrição do vídeo



Atenção: esse artigo não substitui a avaliação médica!

Compartilhe!

Este artigo foi útil para você?

Sim Não

Mais sobre: Operatório, Cicatriz, Quelóide, Cicatrização, Pele, Inflamação, Aréolas, Tratamentos, Inframamário, sulco inframamário, Reações, Patológica

Respostas de médicos

Comentários
Sugestões
Como tratar o queloide ao redor das aréolas após mamoplastia?
Para o tratamento de quelóides nas aréolas, como em qualquer outra região da pele, existem opções terapêuticas. A solução mais clássica é a retirada da cicatriz patológica (quelóide) com a realização de nova cicatriz. Muitas técnicas foram descritas para realização disso em quelóides. Uma del... LEIA MAIS >
É possível curar um seroma após a mamoplastia com antibióticos?
O surgimento de um seroma após a mamoplastia é sempre bastante incômodo. O surgimento deste geralmente tem origem da resposta inflamatória causada pela cirurgia/implantes. Quando ainda sem indício de contaminação deste líquido, o tratamento consiste na retirada do líquido. Isto pode ser fe... LEIA MAIS >
As estrias podem ser melhoradas com a mamoplastia?
As estrias podem ser melhoradas de outras formas, mas não com a mamoplastia. Em alguns casos, ainda que poucos, as estrias podem vir a se intensificar, e até mesmo surgirem outras. Em outros, com o recrutamento da pele devido ao volume das próteses, as estrias podem se tornar mais in... LEIA MAIS >
Quais as complicações que a anestesia pode dar após a abdominoplastia?
Em geral, a incidência de complicações aumenta com o aumento da duração de uma cirurgia.  Acredita-se que uma cirurgia com o período de até 6 horas as morbidades (intercorrências) não aumentem de forma significativa. De modo geral, um cirurgião plástico especialista dificilmente deixar... LEIA MAIS >
Perguntas respondidas pelo Dr. Cleber Santos Jr
O cirurgião plástico, Dr. Cleber Santos Jr, que opera em Porto Alegre, respondeu algumas das principais perguntas feitas por quem deseja fazer uma cirurgia plástica: 1) Quais são as possíveis complicações de uma cirurgia plástica? Abdominoplastia e Mamoplastia. Como em qualquer proc... LEIA MAIS >
O que causa nódulos após uma lipoaspiração?
A formação de nódulos, ou tecidos cicatriciais mais grosseiros (fibroses), são geralmente ocasionados por algum estímulo inflamatório exarcebado. Um dos principais fatores é a ralacionada a coleções líquidas como o seroma, que podem passar desapercebida, e sem tratamento corroboram com a formação d... LEIA MAIS >
Existe risco de surgir um coágulo de sangue durante a recuperação de uma lipoaspiração?
A presença de coágulos de sangue durante a recuperação de um procedimento de lipoaspiração não é algo comum, mas pode vir a acontecer. Geralmente o coágulo se forma em panturrilhas, coxas, ou até mesmo próximo ao abdômen. O aparecimento de um coágulo dentro dos vasos sanguíneos está ... LEIA MAIS >
A lipoaspiração pode afetar na menstruação?
A lipoaspiração, assim como qualquer intervenção cirúrgica, é capaz de afetar a menstruação. Isso porque a cirurgia pode interferir no sistema fisiológico da paciente. É importante também lembrar que esse é um fator temporário e que deve se resolver em pouco tempo. A menstruação de um... LEIA MAIS >
O que faz com que as mamas se desenvolvam diferentes uma da outra?
O principal motivo para a diferença entre as duas mamas está na formação dessas na vida embrionária. A formação do broto mamário começa acontecer por volta da quinta/sexta semana de vida embrionária, ocorrendo a formação de duas estruturas distintas, independentes. Ou seja, as mamas não são u... LEIA MAIS >