Resultados
Médicos
Mensagens
Minhas Consultas Horários disponíveis
Assistente
Participe dos nossos grupos no whatsapp

Encontre tudo que você deseja saber sobre cirurgia plástica.


Qual a sua dúvida?

Respostas

Cirurgia plástica pelo SUS: descubra quando e como é possível


Quer descobrir que cirurgia plástica pelo SUS você vai poder fazer e quando exatamente cada um desses procedimentos são realizados?  

Então, prepare-se para entender melhor como esse tipo de tratamento acontece, quais são as regras e como se preparar para isso.  

Boa leitura! 

Cirurgia plástica pelo SUS – Quando isso é possível

Muitos brasileiros ainda não sabem que é possível conseguir diversas cirurgias mesmo sem um plano médico particular.  

Isso acontece porque o Sistema Único de Saúde permite que alguns procedimentos sejam liberados, de forma totalmente gratuita.  

E quando isso é possível?  

De maneira geral, esse tipo de cirurgia pode ser realizada sempre que a equipe médica considera o procedimento como um caso de saúde, capaz de promover a melhora na vida do paciente.  

Justamente por isso, podem ser solicitadas uma série de exames diferentes, para comprovação do diagnóstico.  

Para se ter uma ideia melhor, pense que esse tipo de cirurgia funciona como um transplante.  

Ou seja, é uma condição que você PRECISA fazer para ter mais qualidade de vida ou mesmo continuar vivendo.  

Neste cenário, é comum que a cirurgia plástica pelo SUS tenham o cunho reparador.  

Em outras palavras, a cirurgia é feita com o principal objetivo de reparar alguma dificuldade física ou eliminar algum tipo de sofrimento.  

Logo, cirurgias unicamente com fins estéticos, como aplicação de botox para retirada de rugas não é uma opção do Sistema Único de Saúde.  

Isso quer dizer que nenhuma cirurgia liberada gratuitamente vai alterar a estética?  

Não exatamente. 

Ainda que alguma mudem o corpo do paciente, o foco principal não é a beleza, mas a qualidade e bem-estar de vida.  

Cirurgias feitas pelo SUS

Sabendo que os fins da cirurgia plástica pelo SUS são a promoção da saúde, vale a pena conhecer quais são os procedimentos aos quais você pode recorrer sem precisar pagar nada.  

Fenda palatina e Lábio leporino:

Geralmente feita logo na primeira infância, quando a criança nasce, a fenda palatina se caracteriza por uma abertura no céu da boca que pode chegar até o nariz, sendo que também existe o lábio leporino, onde apenas a parte dos lábios, dentes e/ou gengiva tem a abertura.

 Em ambos os casos, o Sistema Único de Saúde cobre o tratamento.

 Afinal, esse tipo de deformação óssea/facial pode trazer dificuldades respiratórias, na alimentação e no bem-estar da criança.  

A fim de evitar esse tipo de problema, algo que também coloca em risco a amamentação e aumento o risco de infecções, é comum que o bebê seja internado logo ao nascer ou ao estar em um quadro estável.  

Reconstrução de mama é uma cirurgia plástica pelo SUS:

A reconstrução de mama é um tratamento voltado para mulheres que, por alguma questão, tiveram que remover as mamas ou ficaram com alguma deformidade nos seios.  

O maior exemplo disso são os casos de câncer de mama, onde se faz a retirada dos seios.  

Ou seja, não se trata de um desejo de aumentar os seios, mas sim de reparar algum dano com a colocação da prótese.  

É importante dizer que muitas mulheres não sabem dessa possibilidade e passam anos sofrendo devido a retirada.  

Considerada como uma cirurgia reparadora, geralmente é indicado uma série de exames para garantir que o quadro da paciente está estável.  

Importante: essa cirurgia é garantida por um projeto de Lei nº 12.802 de 24 de abril de 2013. (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12802.htm

Cirurgia pós-bariátrica:

Outra cirurgia plástica pelo SUS é a pós-bariátrica.  

Nesse caso, o paciente passa pela redução de estômago e segue o tratamento indicado durante um determinado período.  

O foco é garantir o emagrecimento e posterior estabilidade do peso.  

Em seguida, o caso é avaliado junto a uma equipe médica, onde é muito comum que a pele fique flácida em excesso, o que gera peso e até dificuldades para se locomover.  

Com isso, pode ser indicado o tratamento de remoção de pele através do corte desse tecido em excesso, garantindo melhor qualidade de vida e bem-estar.  

Como a obesidade é um problema bastante comum, também existem alguns casos onde a cirurgia bariátrica é feita de forma gratuita pelo SUS.  

Na dúvida, converse com um profissional.  

Uma cirurgia plástica pelo SUS é a gigantomastia:

Ao contrário da reconstrução de mama, a gigantomastia é uma opção para mulher que tem os seios muito grandes e buscam reduzir essa medida.  

Esse tipo de procedimento pode ser realizado de forma gratuita porque o peso das mamas pode comprometer a saúde da coluna, o que gera, a longo prazo, problemas mais graves.  

Existem outras cirurgias feitas pelo Sistema único de Saúde?

De maneira geral, sim.  

Entre o destaque está a cirurgia de mudança de sexo, que é feito nos genitais e mamas para que o indivíduo se adeque em gênero e corpo.  

Nesse caso, uma série de tratamentos anterior a cirurgia, como reposição hormonal e acompanhamento psicológico, são indispensáveis.  

Outros procedimentos possíveis de conseguir são:

 

·        Orelhas de abano;

·        Casos de queimaduras graves;

·        Vasectomia e laqueadura;

·        Deformações faciais;

·        Catarata;

·        Deformações que prejudicam a respiração.  

Cirurgia plástica pelo SUS voltada para violências

Além do mais, em 2015, foi aprovado um projeto que garante que mulheres que passaram por violência sexual e/ou doméstica e tiveram sequelas ou lesões tem direito a cirurgia plástica pelo SUS.  

Regulamenta pelo projeto de Lei nº 13.239/2015 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13239.htm), prevê que a mulher deve apresentar um documento, como um Boletim de Ocorrência ou prontuários médicos.  

No caso de violência sexual, a maior parte das cirurgias oferecidas se referem a reparação de danos, como descolamento do útero, aberturas na área da vagina e outros.  

Em todo caso, é essencial que a mulher procure ajuda o quanto antes, tanto para sair da situação de risco bem como para conseguir o apoio que necessita.  

Vale dizer que o Brasil ocupa a 5º dos países com maiores taxas de feminicídio do mundo, de acordo com a ONU.  

Então, procure por ajuda.  

Para finalizar, você ainda ficou com alguma dúvida sobre o tema?  

Comenta aqui embaixo para que eu possa lhe ajudar e não se esqueça de compartilhar esse conteúdo.  

Grande abraço e até o próximo post!


Transcrição do vídeo



Atenção: esse artigo não substitui a avaliação médica!

Compartilhe!

Este artigo foi útil para você?

Sim Não

Mais sobre: Estéticos, Botox, Rugas, Estética, Lábio leporino, Boca, Risco, Amamentação, Infecções, Câncer, Câncer de mama, Bariátrica, Pos-Bariatrica, Redução de estômago, Emagrecimento, Peso, Pele, Obesidade, Cirurgia bariátrica, Tratamentos, Reposição Hormonal, Queimaduras, Catarata, Violência sexual, Vagina

Respostas de médicos

Comentários
Sugestões
Quando é possível fazer uma cirurgia plástica pelo plano de saúde
Diante do sonho de fazer procedimentos estéticos, surge a dúvida de ser ou não possível fazer uma cirurgia plástica pelo plano de saúde. Pensando nisso, separamos uma série de informações essenciais que podem mudar a sua vida e garantir que você saiba exatamente como proceder na busca por essa ciru... LEIA MAIS >
Dicas para escolher seu cirurgião plástico
Escolher um cirurgião plástico não é algo a ser feito de forma rápida ou impulsiva, já que se trata de um profissional que vai mexer com a sua aparência e autoestima. Pensando nisso, existem uma série de dicas capazes de mudar a sua perspectiva e fazer com que essa procura seja mais rápida, simples... LEIA MAIS >
Obesidade: dados no brasil da doença que virou uma epidemia mundial
A obesidade é uma realidade do Brasil e do mundo que preocupa família inteiras e leva milhares de especialistas na busca por entender e resolver esse problema. Por ser considerada uma epidemia que pode, inclusive, levar o paciente a morte, é essencial entender como isso começa bem como as principai... LEIA MAIS >
5 Celebridades que ficaram irreconhecíveis após a cirurgia plástica
Que a cirurgia plástica é um dos procedimentos estéticos queridinha dos famosos você já deve saber. Mas, e quanto aquelas pessoas que ficaram irreconhecíveis? Pensando nessa questão, separamos cinco casos dessa cirurgia que mudaram completamente as celebridades, e que não acabou bem. Vamos conhece... LEIA MAIS >
É possível fazer abdominoplastia pelo SUS?
Quem deseja fazer uma abdominoplastia pelo SUS – Sistema Único de Saúde – pode conseguir isso. Essa cirurgia é oferecida gratuitamente e pode ajudar na recuperação da autoestima.  Mas o serviço só é oferecido para cirurgias que tenham cunho corretivo e reparador. Ou seja, são procedimentos ... LEIA MAIS >
Dúvidas sobre mama tuberosa por Dr. Carlos Gaspar Jr
O cirurgião plástico, Dr. Carlos Gaspar Jr, que opera em São Paulo, respondeu algumas das principais perguntas sobre mama tuberosa. LEIA MAIS >
Celebridades que exageraram nas cirurgias plásticas
A verdade é que existem diversas celebridades que exageraram nas cirurgias plásticas, ficando com rostos imóveis, caricatos e muito estranhos. Por isso, separamos algumas para mostrar que existe sim um limite e que você deve ter cuidado na hora de escolher onde fazer os procedimentos. Vamos lá? M... LEIA MAIS >
Prós e contras do mega hair
Que o mega hair é uma das principais maneiras de ter o cabelo dos sonhos, é uma realidade que você já deve conhecer. Mas você realmente sabe quais são os prós e contras de fazer isso? Então, confira agora mesmo o que você precisa saber sobre isso para, quem sabe, procurar ou não o salão mais próxi... LEIA MAIS >
Dicas para economizar e fazer a sonhada cirurgia plástica
Cansada de desejar a sua cirurgia plástica dos sonhos e sempre desistir por falta de grana? Então, vem comigo descobrir as melhores dicas para economizar de verdade e garantir que esse sonho seja uma possibilidade real para o seu futuro. Pegue o seu bloquinho de notas ou agenda, não perca mais tem... LEIA MAIS >