Valeu a pena!

Uma linda mulher - Resultado de Abdominoplastia com Dr. Guilherme Larsen Da Cunha

Hospital que fiz a cirurgia:

Não informado

Processo rápido de emagrecimento antes do procedimento?

Não

Complicações ou intercorrências?

Não
Meu nome é Dóris. Tenho 47 anos. Casada há 29 anos. Desse relacionamento tenho 2 filhos. Nunca fui gorda\obesa, sempre pesei menos de 50 kg. Após os 30 anos, comecei a ter dificuldades para manter meu peso ideal. Atualmente, meu peso é 55 kg. Fiz várias dietas controladas por nutricionista mas no período da manutenção não conseguia controlar o peso, pois não tinha hábitos alimentares saudáveis e deixava de fazer exercícios físicos. Durante o ano de 2014, comecei a notar que todas minhas roupas apertavam na barriga, me sentindo sempre estufada. No final desse ano, descobri que tinha uma bactéria no estômago e me submeti a um tratamento medicamentoso e fui orientada a procurar uma nutricionista. Em Janeiro de 2015, em viagem de férias em Santa Catarina percebi que não estava com o corpo desejado. Foi aí que decidi, por livre e espontânea vontade, decidi fazer dieta mas nada controlado por nutricionista. Eu mesma comecei a traçar metas\objetivos de emagrecimento e, além disso, fui em busca de qualidade de vida. Passei a comer mais frutas, iogurtes, legumes, saladas, carnes magras, sucos naturais e retirei o pão e incluí atividades físicas em todos os dias da semana, inclusive, finais de semana. Em março de 2015, por indicação de uma amiga, conheci meu magnífico médico cirurgião plástico, Dr. Fabrício Bervian. Com ele realizei três cirurgias. A primeira, em 12/05/2015, mastopexia (redução da mama) com colocação de prótese de silicone (250 ml). Confesso que é uma cirurgia bem delicada. Não podemos fazer movimentos com os braços, o que nos limita a fazer qualquer atividade física ou laborativa no período de 15/30 dias, conforme o caso. No início, dá desconforto pois necessitamos do auxílio de um familiar para nos levantar da cama, tomar banho e fazer todo tipo de atividade básica diária mas a medicação prescrita pelo médico nos dá o conforto necessário. Tomando todos os cuidados prescritos pelo médico a tendência é que a cicatriz fique imperceptível, o que foi o meu caso. Na minha opinião, a cicatriz é o que menos importa quando vemos o resultado final. Em um período de um ano emagreci mais de dez (10) quilos. Em 27/04/16, realizei cirurgia de abdominoplastia, lipei costas e braços. Após, essa cirurgia não posso relatar dor, pois não senti dor alguma, somente desconforto para dormir, em virtude de posição, pois dorme-se praticamente sentada, um pouco de dor nas costas por andar encurvada. Quanto mais tempo andar encurvada menor/mais fina ficará a cicatriz. Fiquei muito inchada mas as drenagens linfáticas orientadas pelo médico são necessárias e nos ajudam muito na recuperação. Quanto mais drenagens melhor fica o resultado. Hoje, passados nove meses de cirurgia, ainda me submeto a sessões de drenagens e vejo que, quanto mais sessões faço, melhor fica o resultado/ mais definido fica o abdomem. Emagreci um total de quinze (15) quilos até o presente momento. Estou em fase de manutenção. No mesmo ano, dia 18/11, realizei cirurgia para troca da prótese de silicone de 250 ml para 325 ml, sendo essa colocada embaixo do músculo por ter familiar com caso de câncer de mama (irmã falecida). Passei muito bem após essa cirurgia que cheguei a passear pelo Hospital com o técnico de enfermagem que me atendeu no Hospital Mãe de Deus. Praticamente, não necessitei de medicação para dor, pouco desconforto. Hoje, estou com 55 kg, meu peso ideal e, continuo cuidando da alimentação e fazendo exercícios físicos, inclusive, em finais de semana. Estou mantendo os mesmos hábitos há mais de dois anos. Sou uma nova mulher. Uma mulher feliz, radiante, com brilho no olhar e como diz meu marido: " uma mulher ousada". Tenho sede de viver a vida. Procuro a felicidade em tudo que faço e todos os procedimentos que fiz foi em busca de uma vida melhor, uma realização pessoal. Agradeço constantemente por ter conhecido meus maravilhosos médicos, Dr. Fabrício Bervian e Dr. Guilherme Larsen da Cunha, super competentes, dedicados e que com tanta perfeição sempre me atenderam, bem como toda a equipe médica (anestesista, fisioterapeuta, enfermeiros,etc), por terem me transformado nessa pessoa que sou hoje. Acredito que as pessoas não surgem em nossas vidas por acaso, estamos destinados a encontrá-las e, com certeza, meus "expert" doutores em cirurgia plástica são pessoas a mim destinadas, pois são anjos que me deram novas curvas.
2 0

Comentários

como é o pós da abdomino? Sentiu muita dor?
0
uau que diferença! Amei o resultado!
0